Business Model Canvas: como preencher (parte 2)

Business Model Canvas
Foto por Raquel Lira Lacerda

Este é o terceiro e último texto sobre o Business Model Canvas, conhecido por muitos somente como Canvas. 


Se você quer saber mais sobre o que é e a importância de ter um Canvas para o seu negócio, veja o primeiro texto da série.


Se você quer saber como preencher a primeira parte, confira o segundo texto


Área 3: Infraestrutura

Bloco 6: recursos-chave


Chegou a hora de lista os recursos necessários para seu modelo de negócio funcionar. O que você vai precisar?


Lembre-se: recurso não significa apenas dinheiro. Pense também em espaço físico, infraestrutura, equipe, materiais, conhecimento (que pode vir pela contratação de um especialista ou por algum curso que você mesmo faça).


Não é hora de se prender no que você já tem. A ideia é justamente mapear a necessidade e aí traçar estratégias para obtê-los, que pode ser via compra, aluguel, parcerias, compartilhamento… vai depender do tipo de modelo que você está estruturando e da sua criatividade. 😉  


Bloco 7: atividades-chave


Neste bloco você deve listar as atividades que devem ser realizadas para que sua empresa entregue a proposta de valor ao cliente. 


É um passo a passo enxuto do que precisa ser feito desde a concepção do produto ou serviço até o pós-venda.  


Bloco 8: parcerias-chave


Diz o ditado que uma andorinha não faz verão! Independente de empreender sozinho ou construir uma grande empresa, parceiros e fornecedores são fundamentais na entrega de valor. 


Faça uma lista de parceiros considerando: 

  • Quem pode te ajudar a otimizar recursos? 
  • Quem pode te ajudar a reduzir riscos e potencializar seu negócio? 
  • Quem pode contribuir com a divulgação do seu negócio?
  • Que outro negócio pode se juntar a você para que criem um novo produto ou serviço ainda mais potente?
  • Quais são as alianças que podem te levar a um novo patamar?

Dica extra: após listar os parceiros que você deseja para seu negócio, sugiro que você baixe gratuitamente a ferramenta “Mapa de Stakeholders”. Ela vai te ajudar a traçar um plano de ação para se aproximar e fechar parcerias de sucesso!


Depois, faça uma lista de fornecedores (se for o caso) considerando:

  • Que tipo de fornecedor será necessário para entregar sua proposta de valor? 
  • Que fornecedores você pode precisar conforme o crescimento da sua empresa?
  • Quais os critérios de seleção que você utilizará para selecioná-los? 

Por fim, em alguns casos, recomenda-se inserir neste bloco os concorrentes: 

  • Quem são seus principais concorrentes? 
  • Quais são os concorrentes que ameaçam o crescimento do seu negócio?
  • Quais são os concorrentes que você poderia transformar em parceiros, por meio de alguma cooperação?

Área 4: Viabilidade financeira

Bloco 9: estrutura de custo


E daí chegamos no último bloco. Uhu!


Aqui você deve listar os principais custos da operação do seu negócio, fixos (aluguel, salários etc) e variáveis (luz, marketing etc). 

O ingrediente secreto: 

Um Canvas bem preenchido é aquele em que as informações não se repetem nos blocos. Se você sente vontade de colocar a mesma coisa em dois blocos, escolha um deles. Como? Veja em qual dos blocos aquela informação faz mais sentido pra você. 

Importante é não paralisar! O Canvas é super prático e versátil. Se, depois de um tempo, onde você inseriu a informação não fizer tanto sentido, é só mudar. 😉 

Eu espero ter te ajudado a elaborar seu modelo de negócio e a preencher seu Business Model Canvas! Se você tiver alguma dúvida no preenchimento ou quiser trocar uma ideia sobre seu modelo de negócio, pode me enviar um email: virginialuz@vitalcocriandosonhos.com. Vou adorar ter notícias e contribuir com seu crescimento! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *