Afinal, o que é um Business Model Canvas?

Business Model Canvas

O que é e por que fazer um Business Model Canvas

A primeira coisa que todo mundo houve quando comenta que deseja empreender, abrir o próprio negócio, é: “Você precisa fazer um Canvas!”, “Comece elaborando um Canvas!”, “Já fez o Canvas?”…

Mas, afinal, o que é esse tal de Canvas?

O Business Model Canvas foi criado em 2010 por Alex Osterwalder e, ao pé da letra, significa: “Quadro de modelo de negócios”.

E é exatamente isso o que ele tem de mais legal: é realmente um quadro!

Um quadro em que nós conseguimos visualizar o todo do negócio, suas principais estratégias, vantagens e desvantagens.

Um quadro que procura responder aquela pergunta que nossa mãe e os amigos fazem toda vez que a gente conta nossa ideia: “Tá legal, e como você vai ganhar dinheiro com isso?”.

Foto: Raquel Lira Lacerda

Bom, existem várias maneiras de rentabilizar uma ideia, ao transformá-la num negócio. Vários modelos possíveis.

O Business Model Canvas, por ser extremamente prático e visual, é a melhor ferramenta para se desenhar, literalmente, essas possibilidades antes de testá-las.

E quais são os principais modelos de negócio?

Venda direta

É o modelo mais tradicional, aquele que todos conhecem. Um produto ou serviço é oferecido diretamente ao consumidor.

Exemplos de empresas: padarias, lojas de roupas, comércio e varejo em geral.

Assinatura

Este modelo anda bem em alta. É quando você faz uma assinatura e recebe mensalmente os produtos ou serviços em sua casa. Para que ele funcione, é importante que o valor de venda seja baixo e o volume de vendas muito alto.

Exemplos de empresas: jornais, revistas, Netflix, Microsoft.

Transação

Este é um modelo bem conhecido, embora muita gente não saiba que ele tem esse nome. É quando uma empresa facilita o encontro e/ou a transação entre o prestador de serviço e o consumidor.

Exemplos de empresas: Uber, Airbnb, 99Taxi, Get Ninjas.

Freemium

Um modelo bem malandro hahaha. Você se inscreve para ter o serviço de graça, se apaixona e aí, pra ter um serviço ainda melhor, você precisa pagar. É tipo uma “amostra grátis”.

Exemplos de empresas: Evernote, Linkedin, Dropbox, Spotify.

Anúncios

São aquelas empresas que oferecem seu serviços gratuitamente, porém, cobram de anunciantes para se sustentarem financeiramente.

Exemplos de empresas: Facebook, Youtube, Rede Globo, Blogs.

Entre outros…

Por que é importante fazer?

O Canvas é uma ferramenta MUITO visual e, por isso, ela é clara, objetiva, prática e dinâmica.

Leva em conta que o planejamento é mutável ao longo do tempo e facilita que essas mudanças seja feitas e visualizadas com rapidez no papel. Especialmente, se você usar post-its na hora de preencher.

Assim que você preencher, você terá uma visão do todo do seu negócio e caso, após a validação, você precise ajustar as rotas, é muito fácil de alterar e começar de novo. 😉

Gostou? Então, me acompanha aqui que no próximo texto vou explicar a lógica de preenchimento! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *